100 jeitos fáceis de viver com saúde!

Está chegando o final de ano! Época das festividades, das resoluções, e das listas!!!

Aqui, uma centena de truques simples e eficientes para você aplicar no dia a dia e melhorar sua vida para sempre. A ciência atesta cada um deles!

84442864

001. Conheça um sabor diferente
“Suco de romã é rico em polifenóis (limpam artérias) e tem menos açúcar que outras opções mais populares, como o suco de laranja”, afirma Ian Marber, nutricionista do Reino Unido. Vende em caixa no mercado (Nota do Editor: menos na minha cidade!).

002. Petisque bem
No bar, os olhos vão para a parte de fritura do menu? Desvie-os dali. O artigo mais saudável do boteco é o ovo de codorna. Uma porção com cinco unidades tem 6 gramas de proteína e apenas 80 calorias.

003. Beba bem
A Universidade de Purdue (EUA) revelou que o vinho tinto bloqueia o crescimento de células de gordura. O mérito é do piceatannol, antioxidante presente na bebida. Leia mais sobre bebidas no item 16.

004. Disque jantar
Pode pegar o telefone e pedir a pizza. Mas opte pela tradicional marguerita. Ela tem tomate, que combate o câncer de próstata, e queijo, rico em triptofano, que ajuda você a dormir bem.

005. Esquente o rango
Um prato bem condimentado pode fazer mais por você do que uma ida à farmácia. Estudos do Instituto de Pesquisas Rowett (Inglaterra) descobriram que a alta concentração de salicilato (um analgésico natural) nos pratos feitos com curry picante é mais eficaz do que a aspirina para combater a dor de cabeça.

200464106-001

006. Fique de olho nos óleos
Não precisa usar azeite de oliva para tudo. O melhor é escolher o óleo mais indicado para a temperatura do cozimento. Os óleos têm diferentes pontos de fumaça (limite entre a forma líquida e gasosa), e liberam substâncias prejudiciais em diferentes medidas de aquecimento. Veja abaixo.

007. Frite peixe e batata
Óleo de amendoim (ponto de fumaça: 160 °C) Ajuda a reduzir os níveis de LDL (colesterol ruim) e melhora os níveis de HDL (colesterol bom) no sangue. É a opção a mais saudável para batatas ou peixes fritos.

008. Use na frigideira e na assadeira…
Óleo de canola (ponto de fumaça: 110 °C) Não libera substâncias químicas ruins para o corpo até atingir 200 °C. Por isso é perfeito para assados que ficam por horas no forno ou fritadas que exigem fogo alto.

009. Faça temperos e molhos
Azeite de oliva virgem (melhor consumir à temperatura ambiente) Contém antioxidantes, polifenóis e ácidos graxos para alavancar o sistema imunológico e proteger você de muitos tipos de câncer. Mas esses bons compostos do óleo podem se degradar quando ele é aquecido.

010. Tome uma xícara de chá
O tulsi, uma espécie de manjericão, é o chá do momento. A Faculdade de Medicina da Geórgia (EUA) descobriu que a erva indiana reduz os níveis de estresse e ajuda a combater radicais livres que danificam as células.

113643322

011. Dê um up no humor
Antes das 10h e depois das 16h, vá para o sol – ele estimula o trabalho da vitamina D. Uma pesquisa realizada pelo Centro Médico de Southwestern (Reino Unido) mostrou uma ligação entre a falta da vitamina e a depressão.

012. Arrume a postura
“Ao sentar, encolha a barriga, puxe a região genital para o umbigo e solte”, ensina Mannie Babington Smith, fisioterapeuta da Inglaterra. “Isso tensiona os músculos abdominais inferiores, relaxa os superiores e encaixa a lombar, evitando dores.”

013. Abaixe o volume
A Administração de Saúde e Segurança no Trabalho da Inglaterra classifica 70 decibéis como um volume seguro para seus ouvidos. Isso equivale a aproximadamente 60% do nível total de seu iPod.

014. Coma pipoca
O snack é boa companhia para um filme. Pesquisa da Universidade de Scranton (EUA) mostrou que a pipoca tem mais polifenóis que uma porção de frutas com o mesmo peso. Só não exagere no sal e na manteiga.

015. Não encane com seu tique
Sacudir a perna ou tamborilar os dedos o tempo todo pode irritar os outros. Mas uma estudo da Clínica Mayo (EUA) descobriu que isso pode queimar até 350 calorias por dia. Uma boa ajuda à sua forma.

200346191-001

016. Saiba o limite
Estudo no Journal of Clinical and Experimental Research (EUA) diz que abstêmios morrem mais cedo do que quem bebe moderadamente (até duas latas de cerveja por dia).

017. Ame seu time
Assistir a um jogo do seu time exercita o coração. Pesquisa do site fitness.gov afirma que torcer aumenta a frequência cardíaca em cerca de 15 batimentos por minuto, assim como um exercício moderado.

018. Vá de escura
Estudo da Universidade de Wisconsin (EUA) mostrou que cerveja escura é melhor para prevenir coágulos nocivos ao coração que ácido acetilsalicílico.

019. Corra, Forrest
Pequisa da Clínica Cooper (EUA) apontou que pessoas que correm ou nadam têm melhor pressão sanguínea, metabolismo e nível de colesterol do que as que não praticam esses exercícios.

020. Incremente a receita…
… com aspargos. O legume é bastante alcalino e ajuda a balancear a acidez do estômago prevenindo a gastrite.

97404375

021. Compre um quadro vibrante
Pendure-o no escritório e olhe para ele de vez em quando durante o trabalho. Willard R Daggett, CEO do Centro Internacional de Lideranças da Educação (EUA), afirma que tonalidades quentes, como vermelho, laranja e amarelo, são energizantes e reforçam a criatividade.

022. Agende as férias
Segundo dados publicados no periódico Applied Research in Quality of Life (EUA), o aumento de ânimo causado pelas férias vem com o planejamento dela, não só com a viagem. Marque agora a sua e sorria até o verão.

023. Compre um amigo
Pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Nova York (EUA) mostrou que corretores de ações que adotaram um cão reduziram sua pressão sanguínea (diminuindo, de quebra, riscos de doenças cardíacas). A mesma pesquisa identificou também perda de peso dos participantes por conta do aumento de exercícios.

024. Escolha o amargo
Prefira chocolates com maior teor de cacau. Comparada com a versão ao leite, a amarga dá mais saciedade, segundo dados publicados no Journal of Nutrition and Diabetis (EUA). Os motivos são o sabor mais acentuado e a quantidade de manteiga de cacau, que suprime o apetite.

025. Sente inclinado
Se passa o dia todo na cadeira, deixe o tronco inclinado cerca de 30 graus para a frente, para manter a curva natural da coluna. “Isso garante uma postura estável”, afirma Phil Bates, consultor do Instituto de Segurança e Saúde Ocupacional (EUA). Leia mais no item 12.

146261968

026. Compre flores
Precisa dar um presente para a parceira? Escolha a gérbera. Uma pesquisa da NASA (EUA) sobre quais plantas ajudariam a purificar o ar em estações espaciais revelou que essa flor remove substâncias químicas tóxicas ao organismo que estiverem ao redor dela.

027. Seque no molho
Comece a pesquisar já receitas com o chutney, que é um verdadeiro amigo de quem quer emagrecer. O tempero à base de manga (bom para carnes e saladas) é repleto de feno-grego, que reduz a absorção de gordura; açafrão-da-terra, que turbina o metabolismo; e cominho, que age na gordura abdominal.

028. Turbine o sanduba
O ketchup contém 94% de tomate na composição. Ou seja, é fonte riquíssima de licopeno, o antioxidante que protege do câncer de próstata.

029. Amarele!
Também incremente o sanduíche com mostarda. O molho faz você queimar mais calorias ao acelerar o metabolismo, aponta estudo da Universidade de Oxford (Inglaterra).

030. Tome o drinque
Seu novo drinque: gim-tônica. A bebida combina gim, água tônica e angostura bitters (uma infusão de ervas amargas e ingrediente de coquetéis). “O gim tem menos açúcar entre os destilados e, junto com a angostura, melhora a digestão. O quinino da água tônica também é um anti-inflamatório e reduz as dores musculares”, afirma Alessandro Palumbo, autor de livros sobre drinques.

83635939

031. Esqueça o natal…
… e coma peru o ano todo.
A ave é a carne mais magra do supermercado, fornecendo uma dose valiosa de proteína sem gordura – turbina os músculos. O truque para deixar o peru saboroso é assá-lo em forno de temperatura relativamente baixa (140 °C) para não ressecar.

032. Ouça seu som
“Estudos mostram que o aproveitamento nos exercícios, a tolerância à dor e o relaxamento aumentam ao ouvirmos músicas de que gostamos”, afirma Vicky Williamson, psiquiatra da Universidade de Londres (Inglaterra). Vale tudo que você gosta de escutar: Beatles, Titãs, Max de Castro…

033. Monte a trilha do treino pesado
“Dentre os sons que você curte, os que têm batidas rápidas (de 120 a 140 bpms) aumentam a frequência cardíaca e respiratória, melhorando a sua performance no exercício”, afirma Williamson. O som frenético na aula de spinning não é à toa.

034. Relaxe no fim do treinamento
A música também pode ajudar a diminuir o ritmo e relaxar o corpo depois do exercício. Tenha no seu iPod ‘One Love’, do BobMarley. A música, sugerida por Williamson, tem 75 batimentos por minuto e ajuda a acalmar e reduzir a frequência cardíaca.

035. Xingue muito!
A Universidade de Keele (Inglaterra) descobriu que dizer palavrões eleva a tolerância à dor. Por isso, da próxima vez que bater o dedão do pé, pode dizer todos os impropérios que quiser.

rbrs_0088

036. Junte os trapos
Um estudo norueguês publicado no site BioMed Central (Inglaterra) mostrou que o risco de morrer de câncer é maior entre os homens que nunca casaram. Depois de analisar o histórico médico de mais de 400 mil pessoas, os pesquisadores concluíram que os homens sempre solteiros têm um risco 17% maior se comparados aos casados.

037. Vá de Kettlebell
Exercícios com kettlebell ajudam sua saúde cardiovascular. Mais: “O movimento de balançar o aparelho também desenvolve os músculos que sustentam a região lombar, prevenindo dores nas costas”, explica Joe Lightfoot, personal trainer da Inglaterra.

038. Levante a bola
Faça o balanço com o kettlebell. Em pé, segure o peso na frente das coxas. Flexione os joelhos, incline o tronco à frente e passe o peso por entre as pernas. Estenda o corpo e suba o acessório até a altura dos ombros. Faça 3 séries de 20 repetições, com 1 minuto de intervalo.

039. Force a barra
Na barra fixa é possível malhar braços, peitorais, abdome, costas e pernas. “Trabalhando contra a gravidade, você ativa seus músculos de estabilidade, o que ajuda o equilíbrio e previne lesões”, afirma Lightfoot.

040. Vá para o alto
Faça a elevação de perna na barra com flexão. Pendure-se na barra. Flexione os cotovelos até o peito se aproximar do acessório. Levante as pernas em direção ao tronco até que elas fiquem paralelas ao solo. Depois, pule para o chão e faça uma flexão de braço. Faça 2 séries de 5 repetições, com 1 minuto de intervalo.

142021262

041. Use a resistência
Para quem não tem uma academia em casa, os elásticos podem ser eficazes para exercícios que visam o aumento de força. E você ainda não corre o risco de se machucar tentando usar mais peso do que aguenta.

042. Estique e puxe
Experimente o agachamento e desenvolvimento com elástico. Segure as extremidades do acessório e pise nele. Agache e depois levante, estendendo os braços acima da cabeça. Faça 3 séries de 10 repetições, com 1 minuto de intervalo.

043. Suma com a dor
Core (conjunto de músculos abdominais) forte ajuda a ter menos problemas na coluna. “Com exercícios para o core,  você reduz a carga sobre a espinha quando levanta pesos, torce, curva ou alonga o corpo”, afirma Lightfoot.

044. Delineie o tanque
Faça arremesso de bola. Segure o acessório na altura do peito. Levante os braços acima da cabeça. Incline o tronco e leve os braços à frente, arremessando a bola com força no chão. Faça 3 séries de 8 repetições, com 30 segundos de intervalo.

045. Encha o saco
Realizados corretamente, os exercícios com sacos de areia melhoram muito o trabalho cardiovascular. “Movimentos de carregamento de peso, eles aumentam a taxa de metabolismo e a resistência”, explica Lightfoot.

156586025

046. Siga em frente
Inclua na sua rotina a caminhada com o saco. Com uma mão sobre a outra, segure um saco de areia junto ao peito. Flexione os cotovelos e apoie o peso na dobra dos braços. Dê um passo à frente e flexione o joelho a 90 graus. Repita o movimento alternando as pernas. Caminhe por 30 segundos.

047. Faça um intervalo
Beber quatro doses de café no dia reduz o risco de diabetes, segundo dados publicados no Journal of Agricultural and Food Chemistry (EUA).

048. Suma com o estresse
A clínica Vita Check-up, no Rio de Janeiro, afirma que 42% dos pacientes são estressados. Para relaxar, faça sexo.

049. Não faça careta
Vale se habituar ao sabor da berinjela. Estudo realizado na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) provou que suco do vegetal combate o colesterol LDL – o mais nocivo ao organismo. Se não curte o suco, inclua no prato.

050. Não perca os cabelos
Outro motivo para tomar sol (leia mais no item 11): “No inverno, mais fios caem. Estudos mostram que a falta de atividade da vitamina D tem a ver com isso”, diz Marcelo Bellini, dermatologista de São Paulo.

73224086

051. Cuide dos fios
Outra sacada para manter a cabeça coberta é usar xampu neutro (que não muda o ph do couro cabeludo). “Capriche também no menu com alimentos ricos em ferro, como carne vermelha e vegetais escuros”, diz Bellini.

052. Veja bem
Uma pesquisa da Carl Zeiss, marca alemã de lentes, revela que 51% dos brasileiros dizem ter problemas de visão e dificuldade para ler. O problema pode ser evitado com um check-up anual no oculista.

053. Deite e relaxe
Estudo na revista Science Translational Medicine (EUA) mostrou que massagens têm ação parecida com a de anti-inflamatórios. Estimulam sinais químicos no corpo que aceleram a recuperação de tecidos musculares doloridos.

054. Tenha jogo de cintura
Uma lesão no quadril pode deixar você de molho por muito tempo. “Um dos esportes que oferece mais risco é o futebol, porque exige ações explosivas”, revela Marcelo Cavalheiro, ortopedista do Hospital Albert Einstein, de São Paulo. Aqueça e alongue sempre antes da pelada.

055. Guarde as costas
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 80% da população mundial já teve ou vai ter dor nas costas ao longo da vida. O número só é menor que a incidência de dor de cabeça. Quem sente algum tipo de dor precisa consultar um ortopedista até mesmo antes de começar a correr ou pedalar.

200259790-001

056. Combine exercícios
Enquanto a consulta com o ortopedista não chega, proteja a coluna com musculação, focada no abdome, junto com os treinos de corrida. “O objetivo é criar um equilíbrio mecânico entre o core e as costas”, explica Cavalheiro.

057. Proteja o couro
“Água quente resseca a pele, retirando a camada de proteção dela. Você fica mais suscetível a infecções e alergias”, diz a dermatologista Annia Cordeiro Lourenço, de Curitiba.  Evite banhos pelando, mesmo no frio.

058. Dê um up na proteção
O vento e o sol são outros fatores que danificam a pele. No inverno, o ideal é usar sabonetes neutros (que não alteram o ph da pele), hidratante e protetor solar sempre. Assim, você mantém a oleosidade natural e evita problemas.

059. Evite o pé frio
“Com as temperaturas baixas, os vasos sanguíneos se contraem e o sangue circula com mais dificuldade”, explica Tânia Fleug, fisioterapeuta da Mercur. Por isso, sentimos alterações de temperatura tão bruscas nas extremidades do corpo e formigamentos. Para evitar o pé frio, agasalhe-se por inteiro.

060. Aumente a circulação
Uma maneira fácil de você colaborar com sua circulação sanguínea no inverno: “Movimente os pés como se estivesse acelerando ou desacelerando um carro”, ensina Tânia. Mais: faça movimentos circulares com o punho durante o dia. Isso também ajuda a bombear o sangue para as extremidades.

57533260

061. Despache a dor
Quer parar de sentir dor nos pés? Calce o tênis e mexa-se. Uma pesquisa feita pela Pés Sem Dor, de São Paulo, mostrou que quem pratica atividade física tem quase a metade de chance de ter dor nos pés em relação a quem só os deixa para cima no sofá.

062. Detone o colesterol
Não precisa deixar de comer carne, mas inclua alimentos de soja no seu cardápio da semana. O grão tem elevado teor de proteínas (38% a 42%) e isoflavonas, que auxiliam na redução do colesterol.

063. Turbine a memória
Uma pesquisa feita na Universidade de Oregon (EUA) aponta que fazer algum exercício possibilita o nascimento de novos neurônios no cérebro. As células surgem principalmente no hipocampo, lugar responsável pelas memórias novas.

064. Corte o estresse
Pesquisa feita pela MindMetre (EUA) mostra que os brasileiros estão conseguindo melhorar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Organizar-se para cuidar de assuntos pessoais diminui o estresse e melhora a qualidade de vida.

065. Regule a pressão
Para evitar a hipertensão, fique de olho na quantidade de sódio dos alimentos. A dica da nutricionista Raquel Maranhão, de São Paulo, é  optar pelas opções com quantidade reduzida, como o shoyo e sal que têm a palavra light no rótulo.

066. Fortaleça o esqueleto
Segundo Marcelo Perocco, neurocirurgião de São Paulo, fumantes têm mais chance de ter hérnias de disco e fraturas porque o organismo tem menos capacidade de nutrir os discos invertebrais.

067. Lime a ansiedade
Pesquisa do Hospital do Coração (HCor), de São Paulo, mostrou que quem tenta deixar o cigarro pode apresentar sintomas leves de ansiedade. “Por isso vale procurar ajuda psicológica”, diz Silvia Cury Ismael, responsável pelo estudo.

068. Drible a lesão
O futebol é a maior causa de lesões nos joelhos entre esportistas de fim de semana, segundo a Sociedade Brasileira de Traumatologia. Vale aquecer e alongar antes do jogo e fugir dos amigos da onça.

069. Elimine a nicotina
A chef Joyce Matalon, de São Paulo, sugere um prato de massa com brócolis e requeijão. O carboidrato dá energia. O vegetal é fonte de sulforafanos, e o requeijão, de vitamina B. As duas substâncias ajudam o corpo a eliminar a nicotina.

070. Alivie a cabeça
A dor da cabeça constante pode ser culpa do maxilar.  Segundo o Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-facial, cerca de 10 milhões de pessoas sofrem com isso. Se a dor de cabeça não der trégua, experimente ir ao dentista.

071. Vá de Grão em Grão
A chia (a “nova” linhaça) ajuda a emagrecer porque é rica em fibras. “O grão sacia e melhora o fluxo intestinal”, diz Evelin Egedy, engenheira química de São Paulo.

072. Junte com tudo
Como comer a chia? Não precisa triturar. Apenas misture com os cereais tradicionais e iogurtes. Jogue nas saladas ou bata com leite.

073. Vá de slow food
Estudo publicado no European Journal of Clinical Nutrition mostrou que comer fast-food duas vezes por semana aumenta a resistência à insulina e a chance de ter diabetes.

074. Ajude as artérias
Pesquisa publicada no Journal of Applied Psychology (EUA) afirma que uma porção diária de chocolate melhora a flexibilidade das artérias.

075. Mude de vida
Segundo dados do European Heart Journal, nada é mais eficiente para tratar o coração que cuidados diários com dieta e exercício.

076. Ganhe músculos
Sabe o leite com achocolatado? Ele pode ser bom na vida adulta. Journal of Strenght & Conditioning Research  (EUA) mostrou pesquisa que diz que uma bebida de leite desnatado e achocolatado tem o mesmo efeito na recuperação pós-treino que bebidas prontas com proteínas.

077. Fuja dos snacks
Petiscar constantemente no trabalho pode ser a causa do seu ganho de peso. O hábito, que segundo a Universidade de Exeter (Inglaterra) ajuda a lidar com as preocupações do trabalho, é inimigo da balança.

078. Escolha pela cor
Segundo estudo no Journal of Consumer Research (EUA), quanto maior o contraste entre a cor da comida e do prato, menor a quantidade que você coloca nele.

079. Mantenha o sorriso bonito
Fique de olho na sua boca. Sangramentos na gengiva e problemas com a raiz dos dentes podem ser sintomas de diabetes. Se notar o problema, peça ao seu médico um exame de glicemia no check-up anual.

080. Esqueça o peso
Estudo da Universidade da Carolina do Norte (EUA) mostrou que fazer exercício constantemente é muito mais relevante para melhorar a saúde que perder peso.

081. Segure o coração
Pesquisa no European Heart Journal diz que exercícios intensos aumentam o risco de dano no coração. Atletas examinados depois de uma maratona demoraram uma semana para se recuperar. Se entrar nessa, faça check-up! normalizado.

082. Mande peixe
Estudo publicado no Journal of Alternative and Complementary Medicine (EUA) provou que o consumo de ômega-3 (gordura boa) do óleo de peixe foi efetivo no combate à dor nas juntas. Portanto, coma um bom salmão.

083. Coma contra a tristeza
A Health and Nutrition National Research (EUA) indicou que homens que consomem peixe mais de uma vez por semana têm chance muito menor de desenvolver depressão do que os que não comem o bicho.

084. Coma como um italiano
Mesmo que você não more no país, coma como eles para diminuir o risco de problemas vasculares e cardíacos, diz o Journal of Clinical Nutrition (EUA). O cardápio italiano inclui pão, peixe, muito azeite e vinho tinto.

085. Suma com a preguiça
Quer ficar bem acordado durante a tarde? Substitua o carboidrato do seu lanche por proteína. Um estudo da Universidade de Cambridge (Inglaterra) descobriu que os aminoácidos da proteína estimulam as atividades celulares, deixando o corpo mais esperto.

086. Alimente-se melhor
Segundo estudo conduzido pela Universidade Harvard (EUA), fazer algum exercício pode ser a chave para comer bem também. Os pesquisadores acreditam que o exercício causa uma mudança bioquímica no cérebro que altera o paladar e os hábitos alimentares. Para melhor, claro.

087. Dê chá a seus pulmões
Para proteger seus pulmões do risco de câncer, invista no chá-preto. A bebida típica inglesa ajuda, segundo a Associação Americana de Médicos do Pulmão, a blindar o órgão contra a doença.

088. Hidrate-se
Estudo do Instituto de Cuidados da Diabates (França) mostrou que o consumo elevado de água diminuía consideravelmente o risco de excesso de açúcar no sangue. O benefício foi notado em quem consumiu pelo menos meio litro do líquido por dia.

089. Durma e viva mais
Falta de sono é um fator de risco de doenças cardiovasculares, segundo o Instituto de Medicina Psicosomática (EUA). Não dormir aumenta a pressão sanguínea e diminui sua capacidade de responder bem a situações de estresse. Portanto, reserve boas horas para passar na cama.

090. Siga o exemplo da parceira
O Journal of Women’s Medicine (EUA) mostrou que homens fazem menos exames preventivos de sangue e pressão que as mulheres. Logo, têm menos chances de prevenir doenças.

A imagem não tem relação com o texto… Como não encontrei uma ecobag, vai uma dog-bag! ((=

091. Dê um trato na ecobag
Sustentável não quer dizer limpa. As sacolas ecológicas devem ser lavadas. A Universidade do Arizona (EUA) mostrou que migalhas que ficam nelas criam um ambiente propício para a proliferação de bactérias.

092. Tome chá, perca peso
A Universidade de Penn State (EUA) afirmou que o chá-verde retarda o ganho de peso. Um componente da erva, o EGCD, diminui a absorção de gordura pelo organismo. Só não exagere na dose por causa da cafeína.

093. Aperte-se e relaxe
Não é só a massagem feita por outra pessoa que relaxa a tensão muscular. Segundo Keat Snideman, massagista dos EUA, massagear-se com bolas e rolos depois do treino alivia o incômodo causado pelo ácido lático.

094. Tenha um hábito noturno
Beba um copo de leite desnatado antes de ir para a cama. Isso fornece proteína, que ajuda na recuperação muscular durante o sono, segundo dados publicados no Journal of Medicine & Science in Sports & Exercise (EUA).

095. Drible o alzheimer
Para retardar efeitos da doença, aprenda um idioma. O Hospital Saint Michel, de Toronto (Canadá), provou que bilíngues demoram mais para ter danos cerebrais.

096. Fique com ela
Segundo a Associação Sociológica Americana, o divórcio está ligado a um grande ganho de peso em homens acima dos 30 anos.

097. Equalize as pernas
Para substituir seus 30 minutos de atividade física vigorosa diários por uma caminhada, você precisa dar 7.900 passos diários. Mil passos equivalem a cerca de 1 quilômetro.

098. Sue para pensar
Exercícios aeróbicos retardam a demência. Segundo a Clínica Mayo (EUA), a maior oxigenação no sangue causada pelo exercício aumentou a conectividade entre os neurônios.

099. Jogue batata no menu
Segundo a Associação Americana de Química, a casca da batata é rica em potássio, que reduz a pressão arterial.

100. Risque o açúcar
Segundo a Associação Americana do Coração, o consumo de açúcar deve estar sempre abaixo de 25% da sua cota diária de calorias. Quem consome ¼ ou mais das calorias do dia com doces aumenta o colesterol.

Fonte: Mens Health. Imagens: Getty Images.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s