Início > Comportamento > A economia explicando pessoas

A economia explicando pessoas

people_strange

Como diz o Jim, pessoas são estranhas.

Confesso que sou um grande fã de Freakonomics. Tanto pela análise complexa de coisas que parecem, à primeira vista, totalmente caóticas ou não relacionadas, quanto pelo aspecto comportamental que algumas ferramentas da economia conseguem desvendar.

Há alguns anos, encanei que precisava entender de economia. Queria saber o que contribuía pra inflação, como eram pensadas as políticas públicas, por quais motivos o dólar subia ou descia… Achava que se entendesse tudo isso o mundo ia ficar um pouco menos estranho.

Aí encontrei dando sopa um livro gigantesco de introdução à economia, de um tal de Gregory Mankiw, mais de 700 páginas de tudo que eu precisava pra entender do funcionamento do nosso país.

Eis que me deparo com um capítulo introdutório que ia mudar minha vida. Economia não é sobre países, nações e comunidades (ok, TAMBÉM é).

É sobre pessoas.

Logo de cara Mankiw enumera os princípios da Economia, e 4 deles me fascinaram pois falam de gente. São as formas com que tomamos decisões e como lidamos com isso.

De repente, o que eu tentei entender indo atrás de textos e livros sobre Behaviorismo, encontrei em Economia!

São assim:

1.ENFRENTAMOS TRADE-OFFS NO NOSSO DIA A DIA

O tempo inteiro precisamos lidar com escolhas, “isso ou aquilo”, trabalhar para fazer carreira estável ou juntar dinheiro e viajar o mundo. Ter que escolher é a condição humana básica: para o bem ou para o mal quem escolhe somos nós (e a luta por igualdade social é permitir que todos possam escolher da mesma forma). Como o nome em inglês já explica, é tipo uma troca: troco desfrutar A para desfrutar B.

2. O CUSTO DE ALGUMA COISA É AQUILO QUE VOCÊ DESISTE PARA OBTÊ-LA

Essa é fácil e tem um nome simples: custo de oportunidade. Em toda escolha há a renúncia de algo (a outra escolha). Quase toda decisão profissional passa por esse princípio e fica muito evidente quando a gente diz estar em um dilema. Quem é da área criativa sabe muito bem a dor de cabeça de decidir viver como freelancer ou se submeter ao horário comercial em algum estúdio ou agência. Ambas as opções tem vantagens, mas você desiste de umas para escolher as outras.

3. AS PESSOAS RACIONAIS PENSAM NA MARGEM

Essa foi especial e me abriu muito os olhos. O próprio Mankiw descreve bem: “Se você está fazendo dieta, não vai deixar de comer a sopa. Vai provavelmente comer algumas colheradas a menos”. O mundo não é binário, de sim o não, disso ou daquilo, PT ou PSDB. Há uma gama enorme de fatores e quem procura fazer escolhas certeiras pensa em pequenos detalhes e ajusta as decisões com base nisso. No final das contas é até mais fácil, quem nunca ouviu que “para emagrecer não precisa fechar a boca, só comer com equilíbrio”?

4. AS PESSOAS REAGEM A INCENTIVOS

Meu favorito! Disso nasce a chamada Economia Comportamental, que explica como avaliamos cenários para tomarmos decisões. Incentivos não são elogios positivos para as coisas que fazemos, eles podem ser negativos. O Steven Levitt diz, por exemplo, no Freakonomics, que os EUA tiveram problemas na década de 70 com o afrouxamento do regime carcerário pois o incentivo para não se cometer crimes diminuiu.

Mesmo pensando em crimes, aquela máxima da sua avó “A ocasião faz o ladrão” é um pouco isso: em determinado momento, o incentivo de alguém para cometer algum delito é tão grande (e o incentivo para não fazê-lo tão pequeno) que o crime acontece.

Claro que não somos bonecos frente às condições ambientais que ditam todas as nossas ações (caso contrário, de que adiantaria discutirmos livre arbítrio?), mas elas influenciam diretamente a direção para que seguimos.

Não sei por que lembrei desse assunto esses dias, mas parece que nunca envelhece então talvez valesse um post!

~ Leonardo Amaral para o Update or Die!

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: