Lua de mel inusitada

Huma-Mobin-na-Grécia-1-479x479

Nada pode ser mais romântico que uma lua de mel e pouquíssimos lugares são mais românticos do que a Grécia. Então, a combinação desses dois pontos só poderia ser maravilhosa, né? Só que não.

Huma Mobin e Arsalaan Sever Bhatt, que são de Lahore, no Paquistão, planejaram a lua de mel, porém o marido não conseguiu o visto para entrar na Grécia e Huma teve que ir sozinha para a viagem romântica.

Apesar de pensar em desistir no começo, a noiva acabou indo e fez da situação triste uma diversão, tirando fotos hilárias como se o marido estivesse lá:

Huma-Mobin-na-Grécia-9-484x479

Huma-Mobin-na-Grécia-7-479x479

Huma-Mobin-na-Grécia-2-479x479

~ Nathalia Salvado para o Vírgula.

Selfies com animais

allan-dixon

Faz mais de dois anos e meio que o fotógrafo irlandês Allan Dixon aperfeiçoa a arte de tirar selfies com animais. Viajando pelo mundo em colaboração com projetos de conteúdo de marketing, divirtia-se com cliques tipo esse acima. Mas, ó, foi só depois de muito tempo que alguém descobriu o talento e as imagens viralizaram. Agora, Allan tem 87 mil seguidores no Instagram e um portfólio de selfies de dar inveja: de clique com um quokka, marsupial da Austrália, a foto com burro na Irlanda, solte muitos owns com as fotografias abaixo e aprenda com o mestre:

allan-dixon-2

“Você tem que ficar parado e deitado pra conquistar a confiança dos animais no ambiente deles”, explicou ao site RT. “Tirar a foto sem flash e sem barulho também é uma regra clássica pra não assustar os bichos. Outra dica é entrar no ambiente já com a câmera na mão pra o animal pensar que faz parte do seu corpo”. Além disso, “depois que você fica no ambiente do bicho por um tempo, geralmente o animal vai até você. Existe uma linha tênue entre curiosidade e instinto de sobrevivência. Por isso, o objetivo principal é deixá-los seguros na sua presença. Se aproxime, mas devagar”, finalizou. E aí, quem pirou com as fotos? Pode admitir!

allan-dixon-3

allan-dixon-4

~ Indicação do Huffington Post, texto do Glamour.

Selfies do pôr-do-Sol

O que acontece quando você tem um bocado de papelão à disposição e mais um tanto de imaginação na cabeça? Com John Marshall, um produtor de TV estadunidense, rolou o projeto Sunset Selfies, em que ele faz fotos criativíssimas usando apenas recortes de papelão e a iluminação em contraluz do pôr-do-Sol.

John, que vive em Frye Island, utiliza principalmente papelão descartado no lixão de sua cidade. Ele faz tudo sozinho e não usa ferramentas especiais para os recortes (apenas tesouras baratas e faca de cozinha). “Depois de ver lindos crepúsculos na porta de casa, decidi criar um projeto criativo chamado Sunset Selfies. Quando estou na ilha, eu faço um recorte de papelão por noite e tiro uma foto com ele”, escreve John Marshall, em sua página no Facebook.

“Minha esperança é que os outros, principalmente as crianças, vejam que podem fazer isso também. Eu adoraria ver o que elas inventam. Para mim, há algo de mágico nessas imagens. Eu amo ver meus recortes crus criarem vida em silhuetas e, então, as pessoas comentarem sobre elas”.

tumblr_nv7isrzTMj1ugil4ko1_1280

tumblr_nv7iriSVeX1ugil4ko1_1280

tumblr_nvprr7chSD1ugil4ko1_1280

tumblr_nv7ixc24I61ugil4ko1_1280

tumblr_nvprxlmbyn1ugil4ko1_1280

tumblr_nvpxvrmcOn1ugil4ko1_1280

tumblr_nw4f91akOn1ugil4ko1_1280

tumblr_nv60ml2XcT1ugil4ko1_1280

tumblr_nv60s6PdEl1ugil4ko1_1280

O autor ainda tem contas no Twitter e Instagram.

~ Indicação do Tastefully Offensive, texto do Pavablog.

Newsworthy #1

newsworthy | adjetivo
  1. interessante.
  2. que merece ser publicado.
    “você precisa cobrir uma extensão muito grande de informações para encontrar alguma coisa interessante”

Uma amiga minha costuma dizer que sou um garimpeiro, pois encontrar alguma coisa bacana nessa montanha de informações que é a internet é um trabalho muito complexo. E apesar de ser extenuante, eu gosto muito do que faço. Em alguns momentos acho que estou fazendo isso por você, que está lendo estas palavras tão fora de contexto, mas concluo que tudo o que está publicado neste blog é uma extensão de mim mesmo. Faço isso por mim. Exteriorizo a bagunça que acontece aqui dentro. E como é bom encontrar outras pessoas que compartilham deste mesmo sentimento. Que não se saciam com o pouco. Que estão sempre procurando algo mais amável em suas vidas. E puxa, como é ótimo compartilhar isso com vocês!

Apesar de muitos projetos inconcluídos, ou até mesmo rascunhados e não publicados, aqui está mais um! A intenção deste espaço é compartir ideias, textos, imagens e vídeos especiais, que chamaram minha atenção em algum milésimo de segundo, mas que não tiveram a oportunidade de ganhar um post próprio. Mas que, nem por isso são menos interessantes. Segue um rascunho do que consegui reunir durante a semana (e se quiser saber mais sobre o assunto, é só clicar na imagem para ser redirecionado à fonte):

Cenas divertidas com monumentos e recortes de papel

page 01

O artista de recortes de papel Rich McCor, cria pequenas silhuetas com papel picado, que ganham vida ao serem justapostas com monumentos e grandes marcos europeus. Posicionando os recortes simples em um ângulo perfeito, McCor dá a sensação aos seus espectadores de que edifícios, estátuas e fontes estão interagindo diretamente com seu trabalho, fotografando as divertidas cenas, frutos desta mistura, e postando em sua conta no Instagram.

Duas vezes ao ano, o pôr do sol fica perfeitamente alinhado com este píer

page 02

A foto incrível que você vê aqui em cima mostra o píer Scripps, que fica em La Jolla, Califórnia. A imagem capturou um momento raro: essa composição perfeita do sol se pondo entre os pilares da estrutura só acontece duas vezes ao ano. Segundo o site Bored Panda, os dias exatos do alinhamento variam, mas costumam cair no começo de maio e na primeira quinzena de agosto. Quando o momento chega, a praia fica repleta de fotógrafos ávidos por registrar a cena.

Árvore da vida

page 03

Degree é o artista por detrás da obra intitulada Árvore da Vida, uma litografia com anéis internos de uma árvore formados por pequenos animais da fauna mundial. O objetivo é destacar a responsabilidade que temos em deixar animais selvagens prosperarem em seu habitat natural; a escolha inerente à preservação da natureza que constitui a base das atitudes sociais para com a nossa Mãe Natureza.

Baptiste Debombourg e sua incrível arte com grampos

page 05

O artista francês Baptiste Debombourg surpreendeu recentemente com seu trabalho “Aggravure”, que justapõe imagens clássicas com grampos como uma espécie de gravura contemporânea “maneirista”, e é difícil não se impressionar. A delicadeza e sutileza com que os grampos são apoiados sobre a tela formando impressionantes imagens, é linda. Taí uma coisa que você pode tentar fazer em casa.

Entre a arte de rua e a cultura pop!

page 06

Arte de rua, mashups e cultura pop, assim podemos definir os trabalhos do artista americano Jerkface, com sede em Nova Iorque, que produz algumas obras de arte e murais coloridos, inspirado por personagens de desenhos animados, como Homer Simpson, Bob Esponja, Pernalonga, Bunny, Pantera Cor-De-Rosa, entre outros.

Recortes da natureza

A beleza da natureza por si só já é algo maravilhoso de se admirar, mas Nikolai Tolstyh conseguiu uma outra forma de extrair ainda mais dessa perfeição, na sua série de fotos intitulada My Lightweight World.

A ideia deste artista é simples: em folhas de papel, ele faz recortes das silhuetas de diferentes tipos de animais e preenche o vazio interno com as diversas cores que a natureza proporciona. O resultado é simplesmente fascinante! Confiram alguns a seguir:

Nikolai-Tolstyh-2

Nikolai-Tolstyh-10

Nikolai-Tolstyh-5

Nikolai-Tolstyh-9

Nikolai-Tolstyh-19

Nikolai-Tolstyh-20

Nikolai-Tolstyh-13

Nikolai-Tolstyh-17

Nikolai-Tolstyh-15

Nikolai-Tolstyh-22

~ Monique Costa para o Nerd Geek Feelings.