NatGeo Photography Traveler Photo Contest 2015

O 27º Concurso Anual da National Geographic Traveler encerrou suas inscrições no último dia 30 de junho. O vencedor do prêmio principal ganhará uma expedição de oito dias, com direito a acompanhante, para a Costa Rica e o Canal do Panamá.  A National Geographic cedeu ao jornal The Atlantic a gentileza de compartilhar algumas das primeiras fotografias selecionadas, recolhidas a partir de quatro categorias: “Retratos de Viagem”, “Cenas ao Ar Livre”, “Senso de Lugar”, e “Momentos Espontâneos”:

Urso marron fotografado nas Florestas Finnish, Finlândia. © Chris Schmid
Elefante nadando nas Ilhas Andamã, Índia. © Mike Korostelev
Nevoeiro cobre parte da ponte Golden Gate, Estados Unidos. © Liu He
Petrel Havaiano se alimentando de sardinhas em Baja California, México. © Alejandro Prieto
Amanhecer em Salar de Uyuni, Bolívia. © Hideki Mizuta
Fêmea de urso polar em Svalbard, Noruega. © Daniele Bertin
Monastério Takstang, no Butão. Também conhecido como “Ninho do Tigre”. © Robert Feakins
Via-Láctea sob Yosemite, Estados Unidos. © Matthew Saville
Redes instaladas a 40 metros do chão, no Monte Piana, Itália. © Sebastian Wahlhuetter
Baleia próxima aos icebergs na Antártida. © John Kahan
Baleia fotografada próxima ao reino de Tonga, na Oceania. © Marc Henauer
Erupção vulcânica próxima à Puerto Varas, Chile. © Cote Baeza
Ilulissat Kangia, Groenlândia. © Charles Lin
Estrada de ferro Tsugaru em Aomori, Japão. © Sho Shibata
Leopardo-da-Neve. © Michel Zoghzoghi
Brincadeira realizada pela tribo Karo em Omo Valley, Etiópia. © Hesham Alhumaid
Crocodilo fotografado em mangue cubano. © Matthew Smith
Cavalos selvagens em Kimberley, Austrália. © Lauren Bath
Arco-íris em Cape Point, África do Sul. © Ajit Sn
Águas turquesas do Lago Louise no Parque Nacional Banff, Canadá. © Ben Leshchinsky

~ Compilação do The Atlantic aqui e aqui.

Já é hora de repensarmos nossas formas de consumo

7.311.344.400. No momento em que este texto é escrito, esta é a quantidade de pessoas que respiram no planeta Terra. Para ter uma noção melhor da grandeza desse número, convidamos você a clicar aqui e rolar a página por 7 bilhões de pessoas. Se você clicar neste outro link, você vai aprender que só hoje nasceram 325 mil crianças e 134 mil pessoas morreram. É muita gente, hein?

Mas, apesar de o mundo ser grande, a natureza está enfrentando dificuldades para dividir espaço com tantas pessoas. É gente demais que não se contenta em só respirar: essas pessoas querem se alimentar, trabalhar, comprar coisas, viajar, viver. E aí o mundo começa a não aguentar.

Mas como chamar a atenção para a superpopulação do planeta e os efeitos devastadores que o excesso de consumo proporciona para o meio ambiente? Uma parceria entre o Population Media Center e o Population Institute deu origem ao Speak Out, uma campanha que tem como objetivo conscientizar o mundo de que é hora de frear, parar e repensar. Como parte da iniciativa, foi publicado o Overdevelopment, Overpopulation, Overshoot (Over), um livro que mostra por meio de imagens contundentes como o excesso populacional está prejudicando a Terra. Confira (algumas imagens podem ser fortes para certos públicos):

Eu não entendo porque quando nós destruímos algo criado pelo homem, nós chamamos de vandalismo, mas quando destruímos algo criado pela natureza, chamamos de progresso.” ~ Ed Begley Jr.

Os fiordes ocidentais em Svalbard, na Noruega, que normalmente congelar no inverno, manteve-se durante toda a temporada sem gelo. Este urso seguiu para o norte, à procura de gelo do mar adequado para caçar a. Não encontrando nada, ela finalmente desmoronou e morreu.
Os fiordes ocidentais de Svalbard, na Noruega, que normalmente congelam no inverno, mantiveram-se secos durante toda a estação. Este urso seguiu para o norte, à procura do gelo do mar (sua noção de direção), e de um lugar adequado para caçar. Não encontrando nada, ele infelizmente desmoronou e morreu.
As pessoas se acotovelam para distribuição ajuda alimentar após o terremoto de 2010 no Haiti.
Pessoas se acotovelam para distribuição de ajuda alimentar após o terremoto de 2010, no Haiti.
Produção animal industrial brasileira.
Produção animal industrial brasileira.
Rejeitos relacionadas com areias betuminosas lagoas estão entre os maiores represamentos tóxicos na Terra e mentira em diques unlined meros metros do rio Athabasca; comunidades indígenas jusante estão com medo de ser envenenado por infiltração tóxicos na cadeia alimentar. Alberta, Canadá.
Rejeitos industriais contendo areias betuminosas são represados em lagoas tóxicas, sendo que apenas alguns diques de contenção as separam do Rio Athabasca; comunidades indígenas próximas estão com medo de serem envenenadas por infiltração dos tóxicos em sua cadeia alimentar. Em Alberta, no Canadá.
Vista aérea de um fogo de óleo após o desastre de petróleo Deepwater Horizon 2010 no Golfo do México.
Vista aérea do desastre que derramou milhões de barris de petróleo no Golfo do México, em 2010.
Os contêineres de transporte, instrumento indispensável da economia de consumo globalizado, refletem o horizonte em Cingapura, um dos portos mais movimentados do mundo.
Os contêineres de transporte, instrumentos indispensáveis da economia de consumo globalizado, refletem o horizonte em Cingapura, um dos portos mais movimentados do mundo.
Em ambas as regiões árticas e antárticas, gelo está recuando. Derretendo água na calota de gelo, North East Terra, Svalbard, Noruega.
Em ambas as regiões árticas e antárticas, o gelo está recuando. A imagem mostra o derretimento de água na calota de gelo em North East, Svalbard, Noruega.
Uma das nações mais vulneráveis ​​da Terra para as alterações climáticas, as Ilhas Maldivas estão gravemente ameaçadas pela subida do nível do mar.
Uma das nações mais vulneráveis ​​da Terra para as alterações climáticas, as Ilhas Maldivas estão gravemente ameaçadas pela elevação do nível do mar.
Cara-a-cara com os restos de um elefante caçado no norte do Quênia.
Cara-a-cara com os restos de um elefante caçado no norte do Quênia para retirada do marfim.
Em Midway Island, longe dos centros do comércio mundial, um albatroz, morto de ingerir muito plástico, decai na praia; é uma visão comum sobre a ilha remota.
Em Midway Island, longe dos centros do comércio mundial, um albatroz, morto por ingerir muito plástico, decai na praia; essa é uma visão comum na ilha.
Alastrando pela Cidade do México, uma população de +20 milhões, a densidade é de 63.700 pessoas por quilômetro quadrado.
Alastrando pela Cidade do México, uma população de +20 milhões, a densidade é de 63.700 pessoas por quilômetro quadrado.
A Mina de Mir na Rússia é a maior mina de diamantes do mundo.
A Mina de Mir na Rússia é a maior mina de diamantes do mundo.
Fim da estrada para estes pneus é um deserto despejar solo em Nevada, EUA.
“Fim da estrada” para estes pneus, despejados no solo de um deserto em Nevada, EUA.
Surfer indonésio Dede Surinaya trava uma onda em uma baía remota, mas coberto de lixo em Java, Indonésia, ilha mais povoada do mundo.
Esportista tenta surfar em meio ao lixo numa baía próxima a Java, Indonésia, uma das ilhas mais povoadas do mundo.

~ Texto do Hypeness, imagens do Speak Out.

De longe, monumentos famosos “contam outra história”

Nós os vemos em fotos e em guias de viagem. Os monumentos mais famosos do mundo vivem na imaginação popular em sua forma idealizada, mas vê-los pessoalmente podem te surpreender. Enquanto alguns marcos podem ser ainda mais belos quando você os enxerga em seu meio natural inspirando nossa admiração, outros foram engolidos por paisagens urbanas em expansão.

Em nossa sociedade obcecada por perfeição, é tentador cortar as distrações e concentrar-se apenas no tema principal. Mas, como estas imagens mostram, pode ser esclarecedor ver como um marco se encaixa no seu ambiente, e como uma atração turística se destaca de uma paisagem natural. Aqui estão 15 fotos “sem o zoom”, de monumentos famosos por todo o mundo:

1. TAJ MAHAL, Agra, Ultar Pradesh, Índia [27.17498,78.042151]

TAJ MAHAL

02

2. GRANDES PIRÂMIDES DE GIZÉ, Egito [29.977279,31.132483]

APTOPIX EGYPT PYRAMIDS

Mideast Egypt

3. STONEHENGE, Amesbury, Reino Unido [51.178913,-1.826223]

Britain Stonehenge

BRITAIN STONEHENGE

4. CATARATAS DO NIÁGARA, fronteira dos Estados Unidos com Canadá [43.079421,-79.076428]

Niagara Falls

08

5. PORTÃO DE BRANDEMBURGO, Pariser Platz, Berlim, Alemanha [52.51626,13.377696]

Germany Earth Day

Germany Berlin US Embassy

6. PARTENON, Kentrikos Tomeas Athinon, Atenas, Grécia [37.971529,23.726718]

Greece Independence Parade

12

7. MONTE RUSHMORE, Keystone, Dakota do Sul, Estados Unidos [43.879057,-103.459071]

13

Mount Rushmore National Memorial

8. CIDADE PROIBIDA, Beijing, China [39.914987,116.390809] 

APTOPIX China Climate

16

9. HOLLYWOOD, Los Angeles, Califórnia, Estados Unidos [34.134098,-118.321706]

Hollywood Labor

18

10. CENTRAL PARK, Nova Iorque, Estados Unidos [40.782865,-73.965372]

First Day Of Spring Arrives After Extremely Harsh Winter

20

11. ARCO DO TRIUNFO, Place Charles de Gaulle, Paris, França [48.873776,2.294981]

21

22

12. SANTORINI, Grécia [36.424459,25.428186]

23

24

13. ESTÁTUA DA LIBERDADE, Nova Iorque, Estados Unidos [40.689229,-74.04455]

25

Harlem Globetrotters Tour 100th Floor Of One World Trade Center

14. TORRE EIFFEL, Avenue Anatole France, Paris, França [48.858376,2.294444]

125 Years Since The Inauguration Of The Eiffel Tower

28

15. CATEDRAL DE SÃO BASÍLIO, Krasnaya Ploshad, Moscou, Rússia [55.752514,37.623042]

29

Aerial Views Of The City Skyline

~ Eileen Shim, para o PolicyMic.

 

Conheça o mundo através do Instagram

Cuidado, isso pode causar wanderlust.

Sem título #01
1. @alexstrohl ~ Feitas nos arredores de Vancouver, Canadá, as imagens de Alex são puras e lindas. ★★★★☆
Sem título #02
2. @wattsabi está constantemente viajando, mas são os detalhes de suas fotos a sua verdadeira joia. ★★★☆☆
Sem título #03
3. @thedavidkeller é um fotógrafo que utiliza o Instagram para compartilhar o maravilhoso mundo que o cerca ao redor do Brooklin, em Nova Iorque. ★★★★☆
Sem título #04
4. @jaredchambers vive em Los Angeles, Califórnia, oferecendo nostalgia aos baldes. ★★★★☆
Sem título #05
5. @michaeljspear apresenta um canto inexplorado dos Estados Unidos: o lado selvagem do Alasca. ★★★★☆
Sem título #06
6. @redblueox é pai de três crianças na capital de Indiana, Estados Unidos. Suas imagens demonstram as beleza de sua cidade, e de seus filhos. ★★★☆☆
Sem título #07
7. @jethromullen é correspondente para a CNN em Hong Kong. ★★☆☆☆
Sem título #08
8. @dearleila nos encanta com suas imagens de Londres, Inglaterra. ★★★☆☆
Sem título #09
9. @thiswildidea ~ Se você ainda não seguia o adorável Instagram de Theron Humphrey, agora você vai seguir. Ele mora em Idaho, Estados Unidos, e viaja pelo país na companhia de sua cadela, Maddie. ★★★★★
Sem título #10
10. @hellopoe é fotógrafa e diretora de arte neozelandesa. ★★★★☆
Sem título #11
11. @patrickkolts nasceu no Iowa, mas agora, vivendo em Nova Iorque, ele nos mostra os detalhes do Brooklin. ★★☆☆☆
Sem título #12
12. @parisinfourmonths resolveu morar por algum tempo em Paris, na França, seguindo seus sonhos e explorando a cidade que amava, mas que conhecia tão pouco. Depois de quatro meses, ela decidiu fincar suas raízes ali mesmo, e diz que tem muito sorte por causa disso! E quem não teria? ★★★☆☆
Sem título #13
13. @palila se descreve como “metade oceano, metade aventura”, e é justamente isso que você encontrar no Instagram dela. ★★★☆☆
Sem título #14
14. @anne_parker demonstra, na simplicidade de suas imagens, o grande amor por suas viagens. ★★☆☆☆
Sem título #15
15. @fursty vive no noroeste do Pacífico, mas as imagens de suas viagens é que produzem os efeitos e sentimentos mais impressionantes sobre nós. ★★★☆☆
Sem título #16
16. @mattiastyllander possui um conceito único. E cuidado! Parece que as cores vão saltar da sua tela! ★★★★☆
Sem título #17
17. @ourwildabandon nos leva à uma emocionante viagem pelo Canadá, na companhia de Jill e Kyla! ★★☆☆☆
Sem título #18
18. @dwellstudio ~ Christiane Lemieux é fundadora e diretora criativa da DwellStudio, uma loja de decoração em Nova Iorque. Além disso, nunca se cansa de fotografar o mundo! ★★★☆☆
Sem título #19
19. @billyjackbrawner3 possui um “olhar” diferente sobre o Texas. Confira! ★☆☆☆☆
Sem título #20
20. @mattjnovak ~ Percebeu que a maioria das indicações aqui são de diretores de arte? Matt não é diferente com suas fotografias de nova Iorque. ★☆☆☆☆
Sem título #21
21. @serjios alerta: “a vida não é o quê você vê, mas ‘como’ você vê”. ★★★★☆
Sem título #22
22. @seanryanpierce é um constante andarilho, e leva seus seguidores junto com ele. ★★★★☆
Sem título #23
23. @mariannehope mora na Holanda. Conheça a Europa com ela! ★★★★☆

~ Vi no BuzzFeed. [As “estrelinhas” de classificação expressam a opinião do proprietário deste blog]

12 das mais deslumbrantes fotografias na história da National Geographic

Comemorando seu centésimo vigésimo quinto aniversário, o time da National Geographic acabou de lançar três edições de luxo com a retrospectiva de seus trabalhos ao longo desses anos. Abaixo você confere algumas dessas raras imagens:

enhanced-buzz-wide-10647-1387562490-25
Novo México, Estados Unidos, 1939.
enhanced-buzz-wide-10885-1387562458-13
Canadá, 2011.
enhanced-buzz-wide-19074-1387562427-33
Nova York, Estados Unidos, 1957.
enhanced-buzz-wide-21150-1387562803-22
Alemanha Oriental, 1973.
enhanced-buzz-wide-21841-1387562973-26
Líbano, 1957.
enhanced-buzz-wide-23468-1387562642-26
Equador, 2008.
enhanced-buzz-wide-23838-1387562895-9
Índia, 1948.
enhanced-buzz-wide-24899-1387562927-27
Iraque, 1984.
enhanced-buzz-wide-25069-1387562552-31
Califórnia, Estados Unidos, 1965.
enhanced-buzz-wide-25596-1387562734-13
Antártida, 2012.
enhanced-buzz-wide-25604-1387562600-13
México, [não datada].
teaser_xl_national_geographic_top_1309251553_id_725777
Arizona, Estados Unidos, 2005.

~ Vi no BuzzFeed.