Mini-infartos

Inventado pelo ilustrador Jake Parker, o InkTober é um projeto que visa aprimorar as habilidades artísticas e reunir uma galeria dos participantes que toparem a iniciativa. Criado em 2009, o projeto é bem simples. Tudo que o interessado precisa fazer é desenhar durante todo o mês de outubro, uma ilustração por dia, pois este foi o período eleito por Parker para postar as ilustrações que desenvolveu ao longo de 31 dias.

Pensando nesta ideia, o ilustrador Caio Gomez criou a série Mini-Infartos, acompanhando a sofrência de certas pessoas em eventos do nosso cotidiano. Abaixo as primeiras ilustrações, que você acompanhar durante o restante do mês em sua página no Facebook:

12036653_778268875616068_4394092496631728017_n

12118806_778653442244278_3301486340371938208_n

12074610_778876852221937_1010293510788840277_n

12087988_780477258728563_2234741372731472966_n

12115601_781261305316825_3013579307656985999_n

~ Texto sobre o InkTober do Idea Fixa.

Inocência provocadora

A capacidade resiliente do designer e DJ Felipe Guga ficou clara quando, após o fim de um relacionamento, nasceu a série de ilustrações no Instagram que viralizam nos últimos meses. O trabalho, com traços simples, de cores primárias e com imperfeições mantidas propositalmente, encanta porque vem carregado de mensagens positivas e de fé.

Felipe brinca com frases de poetas como Quintana, pensadores como Ghandi, e também com textos bíblicos. A riqueza do seu trabalho é passar pelo motivacional, beirando o clichê, mas se livrando dele à medida que utiliza o humor, a ironia e até pitadas melancólicas nas ilustrações.

Se ainda existe dúvida que você precisa segui-lo no Instagram, essa coletânea de desenhos já está sendo editada para se transformar em livro até o fim do ano:

felipeguga9

felipeguga8

felipeguga1

felipeguga2

felipeguga3

felipeguga4

felipeguga5

~ Ricardo Oliveira para o *catavento.

Pequenas maneiras de melhorar a sua vida

Às vezes é difícil saber por onde começar. Inúmeros programas são criados por profissionais mediante as necessidades da nossa sociedade, sempre ocupada demais para poder fazer as coisas no seu devido tempo. O mais interessante é que, quando você participa de algo, e chama outros para participarem também, o auxílio mútuo os auxilia a perseverar e atingir os objetivos. Já dizia o poeta “que ninguém é feliz sozinho”…

Abaixo selecionei e resumi alguns tópicos que merecem a atenção. Comece mudando aos poucos, uma coisa de cada vez. E continue fazendo isso pelo resto da sua vida!

page 01

01. USE FIO DENTAL: Acredite ou não, numa pesquisa realizada nos Estados Unidos (eles adoram pesquisas, né?), mais da metade dos norte-americanos afirmaram não utilizar o fio dental todos os dias. Se você faz parte desta estatística (mesmo não morando nos Estados Unidos), construa esse pequeno hábito e melhore consideravelmente sua saúde. Você sabia que problemas dentários estão associados à doenças cardíacas e diabetes?

02. SUE BASTANTE: Não se discute atualmente que uma alimentação saudável é muito importante, e que, apesar disso, exercícios físicos também podem se transformar numa cura mágica para todo o seu corpo, auxiliando sua memória e concentração, reduzindo desordens do sono e doenças cardíacas, diminuindo a pressão sanguínea e o nível de colesterol, dentre muitas outras coisas. E o que é mais importante, uma pequena sequência de exercícios pode possuir enormes benefícios!

03. ESCREVA UM DIÁRIO: Estudos comprovam que, quando você exterioriza suas emoções e seus sentimentos, a vida torna-se mais leve para você. O fardo de suas costas é transportado para o papel. E não se preocupe com a sequência lógica, semântica, pontuação ou regras de ortografia. Escrever organiza nossos pensamentos, auxiliando-nos a refletir sobre o que ocorre à nossa volta.

page 02

04. LEIA UM LIVRO: Nós lemos muito nos dias de hoje, MUITO, basta prestar atenção nas inúmeras horas que passamos diante de um computador. Mas comece (ou volte) a ler livros de ficção (mesmo que sejam e-books), pois este tipo de literatura consegue moldar em nós sentimentos de empatia e geralmente nos auxilia a sermos melhores conosco mesmos e com os outros.

05. “SEJA” UMA EQUIPE: Quando você pensa em networking, provavelmente se imagina tomando café com algum cliente, empregado ou chefe, pensando em seu próprio benefício e no de sua carreira. Mas, talvez você tenha perdido o real significado das relações dentro de uma empresa. Convide aquele colega de trabalho que você não conhece tão bem para um happy hour e crie laços de confiança com todos. Uma equipe unida é muito mais do que uma simples equipe.

06. VOLUNTARIE-SE: Engajar em trabalhos comunitários nos faz sentirmos melhor, e esse sentimento é sempre dobrado porque estamos auxiliando outras pessoas (ou causas) à melhorarem também! E uma notícia melhor ainda é que quanto mais você pratica este tipo de atitude, mais sente vontade de “arregaçar as mangas”, e quem ganha com isso é o mundo à sua volta.

page 03

07. LIVRE-SE DAS COISAS MATERIAIS: Pode até parecer conselho de monge budista, mas já reparou em quanta coisa você acumula dentro de casa, e em quanta coisa você não usa mais? A dica é fazer uma limpeza anual em todos os cômodos, armários e gavetas da casa, e doar cada peça de roupa ou item doméstico “não utilizado à mais de um ano”. Se você não o usou até agora, pode ter certeza que nunca mais o utilizará para o resto da vida. Ou está pensando que será enterrado junto com eles assim como os faraós faziam? Alivie-se.

08. VIAJE: Nunca foi tão fácil e barato viajar. Digo “nunca” porque você não tem noção do quanto era dispendioso qualquer tipo de viagem há uns 20 ou 30 anos atrás. E não precisa ir muito longe. Apenas saindo de casa e deixando esse computador de lado você já contribui para o seu próprio melhoramento. O filósofo Alain de Botton gosta de afirmar que “a viagem nos expande” e que, o “melhor de nós mesmos não está necessariamente em nossos lares”.

09. SEJA UM ARTISTA: Você consegue mensurar o que são 40.000 anos atrás? Pois é, desde esse época o homem faz “arte”, e devo dizer que não é das melhores. Mesmo assim, esse é um impulso pra você também fazer! Pode ser um rabisco, o desenho de uma casinha, sua família em forma de “palitinhos”, não importa. O auto desenvolvimento virá com o tempo, e você perceberá o quanto seu potencial é enorme, e quanto isso pode ajudar a exteriorizar sua forma de enxergar a vida. Quer mais motivos? Desenhar reduz o estresse e pensamentos negativos.

↬ Adaptado do original de Drake Baer, Richard Feloni e Kevin Loria para o Business Insider. Imagens da Getty Images.

A arte surreal de Cyril Rolando

O artista digital francês Cyril Rolando é um grande admirador de Tim Burton e Hayao Miyazaki. Cyril usa elementos de um mundo digital para criar suas obras-primas. Ele é famoso por ser um artista como ele usa apenas um pincel para criar suas artes marcantes.

São cenas de tirar o fôlego, cheias de detalhes e com um toque de surrealismo e ficção científica. Demais! Mais sobre a arte dele você encontra no DeviantArt.

Digital-Paintings-by-Cyril-Rolando-12

Digital-Paintings-by-Cyril-Rolando-15

Digital-Paintings-by-Cyril-Rolando-3

Digital-Paintings-by-Cyril-Rolando-4

Digital-Paintings-by-Cyril-Rolando-5

Digital-Paintings-by-Cyril-Rolando-7

Digital-Paintings-by-Cyril-Rolando-17

~ Flávio Croffi para o Geekness.

Quando meu gato se sente triste

Você já percebeu como você pode aprender muito com o seu gato? (se você tiver um, é óbvio!) Eles parecem ter nascido com uma sabedoria infinita. Nós, humanos, é que não sabemos de nada! Nós nem sequer conseguimos lidar com os problemas cotidianos. Meu gato é o guru da boa disposição! Ele sabe como SE alegrar e SE sentir melhor todos os dias. E, honestamente, é difícil não admirar. Então, se ele tem algo a ensinar a todos nós – porquê não dar uma olhadinha no guia sobre como ser feliz!

Meu gato está triste.
Meu gato está triste.
Ele não come ou dorme. E normalmente estas são as suas duas coisas favoritas!
Ele não come ou dorme. E normalmente estas são as suas duas coisas favoritas!
Mas meu gato é esperto. Ele sabe alguns truques para não se ficar mais triste.
Mas meu gato é esperto. Ele sabe alguns truques para não se sentir assim.
Quando meu gato se sente triste, ele sai de casa porque você nunca vai saber o que vai acontecer uma vez que saiu de sua zona de conforto.
Quando meu gato se sente triste, ele sai de casa porque você nunca vai saber o que vai acontecer uma vez que saiu de sua zona de conforto.
Quando meu gato se sente triste, ele procura por aventura...
Quando meu gato se sente triste, ele procura por aventura…
...e geralmente a encontra!
…e geralmente a encontra!
Quando meu gato se sente triste, ele chama seus amigos.
Quando meu gato se sente triste, ele chama seus amigos.
Qualquer coisa que você faça é dez vezes melhor quando é feita com um amigo.
Qualquer coisa que você faça é dez vezes melhor quando é feita com um amigo.
Quando meu gato se sente triste, ele tenta coisas novas. Mudar de vez em quando é sempre bom.
Quando meu gato se sente triste, ele tenta coisas novas. Mudar de vez em quando é bom.
Quando meu gato se sente triste, ele vai passear um pouco. Ele parece ser um mestre na arte da meditação.
Quando meu gato se sente triste, ele vai passear um pouco. Ele é um mestre na arte da meditação.
Eu até acho que ele sabe as técnicas do Tai Chi Chuan...
Eu até acho que ele sabe as técnicas do Tai Chi Chuan…
Quando meu gato se sente triste, ele faz de tudo para não se sentir assim novamente!
Quando meu gato se sente triste, ele faz de tudo para não se sentir assim novamente!
Tenho muito o que aprender com ele.
Tenho muito o que aprender com ele.

~ Lingvistov para o Bored Panda.