Super famílias: versão vídeo game

Já retratei aqui o trabalho de Andry Rajoelina, um designer francês que criou ótimas alegorias familiares do mundo dos quadrinhos e televisão, agora, chegaram a versão do mundo dos games (e segue o desafio: consegue reconhecer todos sem ler a legenda?):

Mario_Family
Família Mario Bros.: Mario, Toad e Princesa Peach.
Mega_Family
Família Mega Man: Mega Man, Dr. Thomas Light e Roll.
Paku_Paku_Family
Família Paku Paku: Pac-Man, Pac-Man Jr. e Senhora Pac-Man.
Punch_Family
Família Punch-Out!: Pequeno Mac e Dr. Louis.
The_Last_Family
Família The Last of Us: Sara e Joel.
Kong_Family
Família Donkey Kong: Dixie, Donkey e Diddy.
Bandicoot_Family
Família Crash Bandicoot: Crash, Aku Aku e Coco.
Family_from_Hyrule
Família Zelda: Zelda, Gaepora e Link.
Family_of_Gentlemen
(alguém reconhece?)
Family_of_Thieves
Família Uncharted: Victor “Sully” Sullivan e Nathan Drake.
World_Warriors_Family
Família Street Fighter: Ryu, Akuma e Ken.
Luigi_Family_
Família Luigi: Princesa Daisy, Toadette e Luigi.

~ Vi no GeekTyrant.

Star Wars e diversidade em um comercial de sopa

Todo mundo que já se interessou por (ou foi obrigado a conhecer) arte, conhece as sopas Campbell, tema de muitas obras do ídolo pop Andy Warhol.

Todo o nosso planeta (espero) é fã de Star Wars.

Bem, a Campbells lançou uma linha de produtos licenciada de Star Wars, algo que em teoria faz qualquer menino, de 2 a 200 anos, comer tudo e chamar o aviãozinho de “xisuinguezinho”.

Até aí uma ideia legal mas bem comum.

Aí o comercial da linha faz uma coisa surpreendente: uma piada BASTANTE INESPERADA sobre a frase mais clássica da ex-trilogia/ex-hexalogia.

Ah, o mais interessante: a família apresentada no vídeo é real.

Muita gente já saiu reclamando do posicionamento da marca e do vídeo, como sempre é de se esperar.

Mas eu acho que eles detonaram.


~ Leonardo Amaral para o Update or Die!

Os dois lados da mesma moeda

LADO 1.

Estávamos Dra. Greta Garboreta e eu, Dr. Zequim Bonito, prestes a encerrar nossa rotina de trabalho. Estávamos virando a esquina do último corredor que nos levaria de volta à salinha onde nos desfazemos de nossas personalidades de palhaço para voltarmos a ser gente normal, se é que gente normal existe.

MG_3108

Antes de virar a esquina do último corredor, as moças da recepção pediram uma foto.

Clique, clique, flash e lá estávamos nós registrados em mais um celular. Ou então em uma página de Facebook, onde seremos uma foto compartilhada, curtida, comentada, criticada, ridicularizada, insultada, venerada, ou simplesmente ignorada. E assim a vida segue seu fluxo. 

LADO 2.

Depois da foto estávamos, agora sim, prestes a encerrar nossa rotina de trabalho.

Palhacinho! Palhacinho!, ouvimos de longe.

Vimos logo de cara que a solicitação era de outro teor. Teria sido tão melhor se fosse apenas mais uma foto. Mas não era. A mulher que nos chamava estava aos prantos. Ela saíra desnorteada do elevador, acompanhada por familiares, todos visivelmente muito abatidos.

Começava ali um daqueles momentos que nos pegam de calça curta. Não era a primeira vez que acontecia. Já vivemos situações parecidas em outros hospitais, com outros familiares, com outros palhaços e, com mais ou menos traquejo, a cada vez que tal situação aconteceu tivemos que lidar com o vazio que invariavelmente ela nos impõe. O indizível vazio que a finitude nos reserva.

Palhacinho, o meu neto morreu! 

Houve um silêncio.

Palhacinho, o meu neto morreu! O meu neto. Vocês conheceram ele, lembra? 

Nós já sabíamos da notícia. Tínhamos estado na UTI no começo de nosso dia de trabalho, antes da chegada dos pais e acompanhantes. Naquela hora, só estavam presentes na UTI os profissionais da equipe de saúde cujos semblantes também estampavam as sequelas do vazio.

MG_3094

O caso do menino era grave. O nome complicado da doença, sua complexidade e agravantes não tinham a menor importância naquele momento. Para aquela avó, ali, agora, só existia o vazio e o mais que justificado descontrole emocional que ele causa, sobretudo quando esse vazio é deixado pela ausência de uma criança.

Palhacinho, me dá um abraço! 

Houve outro silêncio, desconcertante.

De repente, diante dessa solicitação concreta, extraída com inacreditável força e nitidez daquele turbilhão de dor, o vazio foi momentaneamente rompido. Com um gesto simples e sincero nosso abraço foi dado, partilhado com aquela avó. Não falamos nada. Nada de que lembramos, pelo menos. Só ouvimos.

Obrigado, palhacinho.

E depois voltaram os prantos, o turbilhão de dor e, se a vida seguir seu fluxo, o começo do luto.

IMG_5628-1024x683

~ Nereu Afonso para o Doutores da Alegria.

A carta do Alquimista

alchemy

Escrito e dirigido por Carlos Stevens, a história gira em todo de um jovem chamado Veridian, que recebe uma carta do pai, um alquimista que conseguiu construir uma máquina que transforma qualquer coisa em ouro. A parte poética da história é que a máquina é alimentada por memórias. Maravilhoso de se ver! ❤

Se quiser conferir, é só dar o play logo abaixo. A parte chata é que o vídeo é em inglês e não tem legendas em português. 😦 Mas ainda assim, dá pra entender porque as palavras são beeeem pronunciadinhas.


Ainda vou dar mais uma colher de chá, e transcrever as frases do vídeo. Dá também pra clicar nas configurações do vídeo (aquele símbolo que parece uma engrenagem no canto inferior direito), e escolher pra traduzir as legendas.

Meu pai me contou a história de um alquimista que construiu um dispositivo tão potente que poderia transformar qualquer metal em ouro puro. Mas, para alimentar o seu dispositivo, ele tinha que se privar de suas próprias memórias.
Ele tinha uma família, mas, em sua busca por ouro, ele a abandonou.
Após a morte do alquimista, seu filho voltou para a casa que havia crescido quando era uma criança.

“Meu querido filho,
Criei um dispositivo magnífico!
Mas que queima minhas memórias como combustível.
Quanto mais preciosa a memória, mais poderosa a máquina.
Deixei aqui para você, minhas memórias mais preciosas.
Eles são memórias do lugar em que me apaixonei por sua mãe.
Eles são memórias de você, Veridian.
Lembro-me com pesar de sua mãe.
Ela morreu sozinha. Por causa da criatura que me transformei.
E entendo por que você fugiu.
Fiquei sabendo que você agora tem uma filha.
Mas temo possa abandoná-la assim como eu te abandonei.
Meu filho, agora eu entendo aquilo que mais importa na vida.
Com amor. Seu pai, Nicolas.”

Rumores do dispositivo milagroso permaneceram apenas como rumores.
Mas naquela noite, meu pai me deu um relógio de ouro, e me contou sobre o que tinha lido na carta do alquimista.

~ Indicação do Somente Coisas Legais, texto do Boneca de Platina.

10 coisas que você deve fazer todos os dias para melhorar sua vida

4-28-2015-4-10-07-AM

1) Passeie ao ar livre

Você provavelmente subestima seriamente como isso é importante. (Na verdade, há uma pesquisa que diz que você faz justamente isso: subestimar os benefícios da natureza!) Passear perto de áreas verdes reduz o estresse, proporciona mais criatividade, melhora sua memória e pode até fazer você uma pessoa melhor.

2) Exercite-se

Nós todos sabemos como isso é importante, mas poucas pessoas fazem isso de forma consistente. Além de todos os benefícios relacionados à saúde que poderíamos mencionar, praticar regularmente alguma atividade física faz você mais inteligente, mais feliz, melhora o sono, aumenta a libido e faz você se sentir melhor sobre o seu corpo . Um estudo de Harvard tem monitorado um grupo de homens com idade acima de 70 anos e identificou que a prática de exercícios regulares é um dos segredos para uma vida longa e feliz.

Love-Life-After-Kids

3) Passe mais tempo com amigos e família

O especialista em felicidade da Universidade de Harvard, Daniel Gilbert, identificou este aspecto como uma das maiores fontes de felicidade em nossas vidas. Relações valem mais do que você pensa (em termos monetários, cerca de $ 131,232 por ano). Não se sentir socialmente conectado pode torná-lo mais estúpido e até matá-lo. A solidão pode te tornar mais sucétivel à ataques cardíacos, derrames e diabetes. Os povos com maior expectativa de vida no planeta possuem uma forte ênfase no envolvimento social, e acreditam que bons relacionamentos são até mais importantes do que exercícios físicosAmigos são a chave para melhorar a sua vidaCompartilhe boas notícias e seja entusiástico ao responder quando outros compartilharem boas notícias com você. Quer ser instantaneamente mais feliz? Faça algo bom para eles.

4) Expresse sua gratidão

Vai fazer você mais feliz.

Vai melhorar seus relacionamentos.

Pode fazer-lhe uma pessoa melhor.

E pode tornar a vida dos outros melhor também.

Wellbeing

5) Medite

A meditação pode aumentar a felicidade, o sentido da vida, o apoio social e concentração, reduzindo a raiva, a ansiedade, a depressão e a fadiga. Na mesma linha, a oração pode fazer você se sentir melhor – mesmo que você não seja religioso.

6) Durma o suficiente

Você não pode enganar-se com a ideia de que o sono não o afeta. Estar cansado, na verdade, faz com que seja mais difícil ser feliz! Falta de sono = mais propensão à doença. Dormir melhora suas decisões, e a falta de sono pode fazer você se comportar de forma antiética. E aquele famoso sono de beleza, não existe!

Sonecas são boas também. Elas podem aumentar a agilidade e desempenho no trabalho, melhorar a capacidade de aprendizagem e limpar as emoções negativas, reforçando simultaneamente as positivas. Veja como melhorar suas sonecas.

life-coaching

7) Desafie-se

Aprender outro idioma pode manter sua mente afiada. Lições de música podem aumentar sua inteligência. Desafiar suas crenças fortalece sua mente. Aumentar a força de vontade só leva um pouco de esforço a cada dia e é responsável por aumentar seu QI . Estatisticamente, não estudar ou aproveitar as oportunidades que aparecem nas nossas vidas são as duas coisas pelas quais as pessoas mais se arrependem

8) Sorria

As pessoas que usam o humor para lidar com o estresse melhoram seu sistema imunológico, reduzem o risco de ataque cardíaco e acidente vascular cerebral, sentem menos dor no dentista e vivem mais tempo. O riso deve ser ministrado como uma vitamina diária. Até mesmo relembrar momentos engraçados pode melhorar seu relacionamento. O bom humor tem muitos benefícios.

kk

9) Toque em alguém

O contato com outras pessoas pode reduzir o estresse, melhorar o trabalho em equipe, e ajudar a ser mais persuasivo. Abraços podem fazer você mais feliz! Sexo pode ajudar a prevenir ataques cardíacos e câncer, melhorar o seu sistema imunológico e prolongar a sua vida. Só não fique cutucando os outros toda hora!

10) Seja otimista

O otimismo pode torná-lo mais saudável, mais feliz e prolongar a sua vida. E o próprio Exército incentiva, a fim de aumentar a resistência mental dos soldados. Excesso de confiança melhora o seu desempenho em todos os aspectos.

~ Tradução livre do texto de Erik Barker para a Revista Time. [N. do E.: Todos os links estão em inglês; a ideia inicial era traduzi-los em posts separados para facilitar a leitura caso tivessem interesse em saber mais sobre os assuntos mencionados. Mas um projeto que ficou mais de um ano engavetado aguardando a tradução de outros 74 não iria ser concluído nunca, não é verdade? Aproveite a sugestão do item 7 e treine um pouquinho.]