4 (+3) comerciais memoráveis que fogem dos clichês

Um anúncio publicitário que não foge do senso comum está fadado ao esquecimento. Atualmente muitas empresas têm feito anúncios em forma de viral ou pegadinha, com o intuito de captar nossa atenção, já que estamos cada vez mais impaciente para comerciais clichês. E grandes propagandas, convenhamos, são as que não parecem propaganda, são aquelas que nos impactam de alguma forma, sem necessariamente escancarar a marca ou nome da empresa de forma explícita e óbvia.

Separamos alguns casos de propagandas que inovam e nos tocam, sensibilizam, impactam pela humanização e a fuga dos temas saturados de suas categorias.

1. Bebia alcóolica: Guinness

Esqueça mulheres semi-nuas ou caras agindo de forma boba ou infantil, aqui o grande trunfo é a amizade. Na campanha, vemos um grupo de amigos jogando basquete de cadeira-de-rodas, o que já seria bem legal. Mas o que surpreende é o final, que mostra que a amizade de todos os amigos é maior que a deficiência de um deles. E a trilha musical do The Cinematic Orchestra não poderia ser mais linda.


2. Gomas de mascar: Extra 

No vídeo abaixo, vemos cumplicidade e relação entre pais e filhos. O vídeo mostra de forma muito delicada o cuidado que o pai tem com sua filha, simbolizado pelo pássaro que ele faz de origami com a embalagem que envolve a goma de mascar (sem açúcar) da empresa, fazendo com que algo sem significado simbólico (o papel metalizado) transforme-se em um atributo emocional poderoso. Com um slogan no final sensacional: Give Extra, Get Extra (algo como: Dê Extra, Receba Extra).


3. Telecomunicações: True

A empresa Tailandesa True está emocionando o mundo com um comercial impecável, contando uma história simples, mas impactante, de como pequenos atos de gentileza podem reverberar em uma vida toda e mudar a realidade de pessoas de formas que nem imaginamos. Esqueçam mega-produção, direção de fotografia excepcional ou efeitos digitais, aqui o trunfo mesmo é a história bem contada.


4. Móveis de baixo custo: Ikea

A Ikea é conhecida por suas campanhas memoráveis, e essa é mais uma delas. No vídeo em questão, conhecemos um idoso que se vê obrigar a mudar sua rotina no dia em que o banco da praça que ele vai todo dia está ocupado. Ele usa uma cadeira vermelha para sentar-se ao lado das pessoas, e essa cadeira vira o símbolo da mudança que ele resolve fazer na vida, se permitindo a conhecer lugares e pessoas novas em uma “saga” divertida e inspiradora.


~ A indicação do primeiro vídeo é do Publistagram, que me levou aos outros 3 no site do Hypeness.

[N. do E.] Normalmente o post acabaria na linha acima, mas tenho mais três adições a fazer nessa lista. Comerciais que me impactaram profundamente e que me vêem à memória sempre que me lembro de que a criatividade humana é simplesmente indescritível. Fora o fato dos mesmos estarem “vendendo uma ideia” ou um produto, conseguem derreter o coração de qualquer um.

+1 Chamado de “Puppy Love“, o comercial mostra a amizade que nasce entre um cavalo e um cachorrinho. O vídeo de um minuto já acumula mais de 58 milhões de visualizações. Quem teve a sacada foi a Budweiser, com seu comercial para a 48ª edição do Super Bowl, em 2013. A trilha sonora fica com a também emocionante “Let Her Go”, da banda Passenger.


+2 Saber contar uma história é um dos grandes trunfos da publicidade, e se essa história é bem contada, invariavelmente ela irá se alastrar mundo afora. A rede varejista britânica John Lewis sabe disso, e suas campanhas de Natal são mundialmente celebradas por despertar bons sentimentos ao redor de uma data atualmente tão comercial.


+3 No mês em que Ayrton Senna completaria 55 anos, a seguradora Allianz lançou a campanha #MeuMomentoSenna, junto ao instituto Ayrton Senna, que visa promover e divulgar um dos maiores legados do piloto: suas boas ações.


Vai dizer que não surgiram “ninjas cortadores de cebola” perto de você?

Anúncios

Somos adultos, certo?

tirinha_620

Nós estamos enfraquecidos, distraídos, sem foco, desesperados por atenção, buscando em algum lugar uma coisa que a gente não acha nunca. A gente pensa que viu algo especial e aquilo dura menos que um segundo. Isso gera compulsão. Somos todos junkies.

“Pergunta rápida, internauta. Você sabia que o seu organismo é capaz de produzir uma droga muito mais forte do que a heroína?

Essa droga é natural, não tem quaisquer efeitos colaterais.

As pessoas pagam caro pra caralho, sonhando alcançar os mesmos estados físico-psíquicos que a endorfina nos proporciona. As endorfinas nada mais são do que poderosos analgésicos bioquímicos produzidos pelo cérebro – um dos descobrimentos científicos mais relevantes do homem. A massagem, os esportes, a música e, principalmente, fazer o que temos vontade são os principais geradores de endorfinas.

Endorfina nos faz sentir bem. A droga da felicidade é, em suma, fazer o que temos vontade. Somos viciados nisso.” – Guilherme Nascimento Valadares

Eles sabem disso. As coisas são projetadas para disputar nossa atenção e nos dar pequenas agulhadas de endorfina. Tudo brilha, tudo pisca, tudo diz “hey, vem cá, olha pra mim”, seguido de um “bom garoto” após a obediência. E é claro… a gente obedece.

~ Luciano Ribeiro, para o Papo de Homem.

Sutiã que promete unir “esquerda” e “direita”

Uma marca de sutiã criou uma campanha inusitada para mostrar que a peça deixa os seios esquerdo e direito mais juntinhos um do outro.

A propaganda do modelo “Super Push Up”, da Hope, colocou caricaturas de grandes figuras políticas, uma de esquerda e outra de direita, se aproximando.

Sob o slogan “Right and Left Together”, a marca passa a ideia de unir os dois lados.

Margaret Tatcher e Che Guevara, Ronald Reagan e Fidel Castro e George Bush e Hugo Chávez se encaram dentro dos decotes das modelos.

300490-970x600-1

300491-970x600-1

300492-970x600-1
~ Folha de São Paulo

 

Colorindo ursos polares

Para aqueles que querem relembrar seus tempos no primário, aqui está o livro de colorir perfeito! Este caderno de atividades possui 20 locais especiais onde você pode encontrar os ursos polares em seu habitat natural, com cinco cores que você nunca vai encontrar dentro de uma caixa de giz de cera: branco bola de neve, branco polar, branco gelo, branco iglu e branco Ártico. A ideia é do zoológico de Toronto, que alerta pra não deixar cair a surpresa na neve, pois você nunca pode encontrá-la novamente.

21820132006170

Indicação do Slow Robot.

Como você quer viver os últimos 10 anos da sua vida?

Dividindo a tela com duas realidades no comercial abaixo, a The Heart and Stroke Foundation do Canadá incentiva as pessoas a adotarem hábitos de vida saudáveis agora, para assim gastarem os últimos anos com vitalidade.

A campanha “Make Health Last” conta ainda com um site, que oferece uma calculadora de hábitos para mostrar seu risco de doenças cardíacas.


Fonte: BrainStorm9.