A Terra vista de cima

Apenas por diversão, aqui estão algumas imagens recentes de nosso querido planetinha, com todo o seu seu esplendor de forma como pode ser visto por cima. Tiradas há apenas algumas centenas de metros de distância, ou tanto quanto a um milhão de quilômetros, a variedade e beleza da Terra retratadas nestas fotos continuam a surpreender.

main_900 (15)

18/07/2015 Um balão de ar quente sobrevoa os campos dos arredores de Minsk, Rússia, durante o Segundo Campeonato Internacional de Aeronáutica.

main_900 (14)

06/07/2015 Planeta Terra, visto a mais de um milhão de quilômetros. A câmera do satélite de observação climático retornou a sua primeira fotografia de todo o lado iluminado da Terra. A imagem mostra as Américas do Norte e Central.

main_900 (13)

14/07/2015 O Arco do Triunfo, no centro da Place Charles de Gaulle, também conhecida como a Place de l’Etoile, no meio de telhados de edifícios residenciais em Paris, França.

main_900 (12)

29/09/2014 Um céu nebuloso paira acima de um rio na região amazônica do Peru.

main_900 (11)

30/06/2015 As Ilhas Frioul no mar Mediterrâneo perto de Marselha, na França.

main_900 (10)

08/09/2013 A torre norte da ponte Golden Gate, rodeada por um nevoeiro, na Califórnia, Estados Unidos.

main_900 (9)

15/04/2015 Campos de flores próximos do Parque Keukenhof, também conhecido como o Jardim da Europa, em Lisse, Holanda.

main_900 (8)

12/07/2015 Vista da Estação Espacial Internacional sobre o Golfo do México. As luzes de Houston, Estados Unidos, são proeminentes no lado esquerdo, com New Orleans e do delta do rio Mississippi no centro. As muitas luzes no golfo são plataformas de petróleo e navios.

main_900 (7)

07/08/2014 Casas em Bristol, sul da Inglaterra.

main_900 (6)

08/07/2014 Geleira Malaspina no sudeste do Alasca, o maior vale glacial do mundo se espalha nivelando toda uma planície. No canto superior direito aparece a geleira Hubbard.

main_900 (5)

24/02/2015 O sol se põe acima da praia de Ipanema, no Rio de Janeiro.

main_900 (4)

20/05/2015 O MODIS, satélite da NASA, capturou esta vista de vários vórtices de nuvens sobre as Ilhas Canárias e Madeira.

main_900 (3)

09/06/2014 Cataratas do Iguaçu, na província noroeste argentina. As autoridades foram forçadas a fechar o icônico Parque Nacional do Iguaçu após chuvas fortes na região que fizeram com que o rio Paraná inundar. As passarelas turísticas e pontos de vista que normalmente dão lugar a vista deslumbrante sobre as quedas d’água foram quase totalmente submersas pela água.

main_900 (2)

25/05/2015 Arquitetura da cidade de Chicago, Estados Unidos, iluminada à noite.

main_900 (1)

19/04/2015 A pirâmide curvada de Dahshur, uma necrópole real localizada no deserto da margem oeste do rio Nilo, ao sul do Cairo, Egito.

main_900

15/07/2015 Estátua da Mãe Pátria no complexo memorial da 2ª Guerra Mundial, na cidade de Volgograd, Rússia.

main_900 (16)

14/07/2015 Canteiro de obras da construção da Disneylândia de Xangai, na China. O parque temático orçado em US$ 5,5 bilhões, está sendo desenvolvido pela Disney em parceria com a estatal Shanghai Shendi Group, e irá transportar os visitantes para réplicas de seis parques temáticos “mundiais”, oferecendo ainda outras atrações com base em personagens de Star Wars e da Marvel Comics.

main_900 (17)

03/04/2015 Astronautas a bordo da Estação Espacial Internacional tiraram esta fotografia do sul da Escandinávia, pouco antes da meia-noite.

main_900 (18)

09/05/2015 Trilhos de trem no pátio da estação de Maschen em Seevetal, Alemanha.

main_900 (19)

21/03/2015 Moradias fora da cidade de Diffa, Nigéria.

main_900 (20)

18/03/2015 Vapor e cinzas do vulcão Villarrica, sul de Santiago, Chile.

main_900 (21)

08/05/2015 Campo de colza em plena floração perto Ebenhausen, Alemanha.

~ Imagens compiladas do The Atlantic.

Anúncios

Bike na cratera, salto com trabalhadores e arremesso de pedras

A equipe do Casa Coletiva publicou um vídeo no YouTube para fazer um protesto bem-humorado contra o atraso nas obras do novo sistema de bondes de Santa Teresa, no Rio de Janeiro. Moradores reclamam que o bairro está um caos por conta das obras que acontecem desde 2013 e estão atrasadas em mais de um ano. O secretário estadual de Transportes do Rio, Carlos Roberto, assumiu que há mesmo problemas graves na obra. Vários pontos de Santa Teresa estão com buracos e entulhos há anos.

O vídeo chama a bagunça de “Parque Olímpico de Santa Teresa”. O ator brinca que os escombros são obstáculos olímpicos e cria provas como o “Salto de areia”:

anigif_optimized-12333-1432224544-1

Também tem o “Arremesso de Pedras”, feito com entulho das obras acumulado pela região:

anigif_optimized-545-1432224364-19

Tem lugar que abrigaria muito bem uma competição de “Trilhos paralelos”:

anigif_optimized-9244-1432224265-1

Ou para a modalidade olímpica “Marcha sobre trilhos”:

anigif_optimized-26221-1432224306-2

Outro esporte é a corrida com busão, já que pedestres, motos, ônibus e carros muitas vezes têm que dividir o mesmo espaço:

anigif_optimized-8468-1432224159-1

O esporte radical “bike na cratera” acontece em um buraco que toma mais da metade de uma via de Santa Teresa:


anigif_optimized-382-1432242975-1
No buraco também ocorre a modalidade “Salto com trabalhadores”, que precisa de bastante concentração:

anigif_optimized-437-1432242393-1

O atleta precisa correr pelo terreno irregular e saltar, o mais longe possível, para cair em um monte de terra.

anigif_optimized-22195-1432242216-40

Depois é só comemorar com a galera.

anigif_optimized-32496-1432242681-2

Veja aqui o vídeo completo:


~ Indicação do BuzzFeed.

Quanta verba “extra” foi destinada aos estádios da Copa?

Título

O estouro de orçamento com reforma e construção das arenas que sediarão os jogos é de R$ 2,175 bilhões. O valor previsto no início das obras para todos os estádios seria de quase R$ 6 bilhões. Na última atualização, de setembro de 2013, os custos já somavam R$ 8,15 bilhões. Os destaques negativos ficam com Porto Alegre (que estourou o orçamento em 158%) e Brasília (cujo estádio é o mais caro da Copa). a boa notícia é que houve uma cidade-sede que conseguiu poupar: parabéns Fortaleza!

Arena Corinthians

Arena da Amazônia

Arena da Baixada

Arena das Dunas

Arena Pantanal

Arena Pernambuco

Beira-Rio

Castelão

Fonte Nova

Mané Garrincha

Maracanã

Mineirão

CONSIDERAÇÃO FINAL
Em 2007, quando o Brasil foi anunciado como sede da Copa do Mundo 2014, a expectativa era que o evento fosse um catalisador de investimentos em infraestrutura. De fato, a realização do Mundial no Brasil exigiu investimento pesado em infraestrutura, transporte e, principalmente, na construção das novas arenas esportivas. Obedecendo a normas da Fifa, muitas obras interferiram na vida da população do entorno das construções. Desapropriações forçadas de moradias e comércios, transtornos no trânsito, investimentos e gastos de recursos públicos de forma inadequada e desnecessária são alguns dos problemas que o Mundial propiciou a nós brasileiros. Hoje, além do título de país do futebol, o Brasil estampa em sua galeria de troféus o título de maior gastador de dinheiro público em uma Copa do Mundo e é dono das arenas esportivas mais caras da história da competição. Em um país no qual a saúde e a educação ainda são deficitárias, o mais adequado seria investir o dinheiro público em escolas e hospitais. Na véspera da abertura da Copa, a presidente Dilma Rousseff, em um pronunciamento oficial, disse que o evento beneficiaria os brasileiros nos próximos anos e que os gastos com saúde e educação foram muito maiores do que os do evento esportivo e que “O resultado e a celebração final valem o esforço”. Que assim seja. ~ Kelyanne Costa

~ Informações retiradas da Revista Mundo Estranho, edição 153, págs. 50-51. Colaboraram com demais informações e imagens: Globo Esporte, FIFA e Google Imagens (hehehe). Gráficos criados com o auxílio do Microsoft Excel.

Google Maps passeia pelas ruas decoradas do Brasil #VaiTerCopaSim

Será que o ritmo de protestos dos últimos meses tirou o gosto dos brasileiros de torcer para a Seleção? Reparei que existem muito menos ruas decoradas, calçadas e asfalto pintado, se compararmos com Copas do Mundo anteriores, mas o Google discorda que sejam poucas as manifestações da torcida brazuca.

Para mostrar as ruas que já estão coloridas e decoradas pelos torcedores, o Google Maps oferece uma versão do Street View focada nos locais com bandeirinhas e muito verde-amarelo-azul-e-branco. São casos como a Rua Pereira Nunes, no Rio de Janeiro, onde os moradores se organizam para pintar o local com as cores nacionais há 27 anos. Outras ruas de São Paulo, Belo Horizonte, Cuiabá, Salvador, Natal e Manaus também podem ser vistas na coleção de ‘Ruas Coloridas do Brasil’.

Os fãs de futebol também podem aproveitar o Google Street View para conhecer o interior de todos os 12 estádios que receberão jogos do mundial – dá para conhecer o Maracanã (RJ), Arena Corinthians (SP), Mineirão (BH), Estádio Mané Garrincha (Brasília), Arena Pernambuco (Recife), Arena Fonte Nova (Salvador), Arena das Dunas (Natal), Arena da Baixada (Curitiba), Castelão (Fortaleza), Beira-Rio (Porto Alegre), Arena Pantanal (Cuiabá) e Arena da Amazônia (Manaus).


~ BrainStorm9

Rio 2016: Prefeitura apresenta música-tema dos Jogos Olímpicos

asd
Um time composto por Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho, Ed Motta, Mr. Catra, Velha Guarda da Portela e diversos outros artistas apresentam a canção tema dos Jogos Olímpicos 2016 no Rio de Janeiro, intitulada: “Os grandes deuses do Olimpo visitam o Rio de Janeiro”.

A iniciativa foi bancada pela Prefeitura do Rio, e conta também com a participação de celebridades como Fernanda Montenegro, Carolina Dieckman, Rodrigo Santoro e Regina Casé, que representam os deuses, desfilando por cenários cariocas.

Antes de fazer qualquer comentário, você deve deixar o seu gosto musical de lado e evitar comparações com “lá eles tem Paul McCartney, Queen, Led Zeppelin, etc…”. Como diria o filósofo, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa.

Vi no BrainStorm9.